Estudo revela melhor horário para se exercitar e combater açúcar no sangue

O horário que você escolhe para se exercitar pode ter menor ou maior impacto no controle de problemas como açúcar no sangue e diabetes

Avalie a matéria:
Mulher fazendo caminhada | Reprodução/Internet

Praticar atividade física de manhã ou à noite faz diferença? Um estudo realizado por pesquisadores espanhóis sugere que sim, pelo menos no que diz respeito ao controle mais eficaz dos níveis de açúcar no sangue. Açúcar no sangue, ou glicose, é a principal fonte de energia para o corpo. No entanto, desequilíbrios podem resultar em diversos problemas de saúde, incluindo hipoglicemia e diabetes.

Detalhe dos estudo

Pesquisadores da Universidade de Granada, na Espanha, examinaram informações de 186 adultos com sobrepeso e/ou obesidade, caracterizados por um IMC médio de 32,9. A idade média dos participantes era de 47 anos. Todos utilizaram um acelerômetro para registrar o movimento e um monitor contínuo de glicose ao longo de duas semanas.

O que eles descobriram?

Após analisar todos os dados, os pesquisadores constataram que os participantes que realizaram mais de 50% de seus exercícios moderados a vigorosos entre as 18h e a meia-noite experimentaram reduções significativas nos níveis de glicose no sangue. Além disso, observaram que essa redução perdurou ao longo do dia, não se limitando apenas ao período imediatamente após o exercício.

O estudo definiu como "ativos" os indivíduos que praticavam entre 21,4 e 42,9 minutos de exercício por dia, enquanto considerou "muito ativos" aqueles que praticavam mais de 42,9 minutos diários. Reduzir os níveis de glicose no sangue é uma estratégia crucial para combater o diabetes, especialmente em pessoas com sobrepeso.

Outros estudos

As conclusões do novo estudo corroboram com pesquisas anteriores que indicam os benefícios do exercício em diferentes horários do dia. Uma pesquisa mostrou que finalizar uma sessão de exercícios cerca de duas horas antes de dormir pode melhorar significativamente a qualidade do sono. 

Outro estudo revelou que as mulheres que se exercitam pela manhã tendem a perder mais gordura abdominal e reduzir a pressão arterial. Por outro lado, aquelas que se exercitam à noite têm maior probabilidade de aumentar a força e resistência da parte superior do corpo, além de melhorar seu humor geral.

No mesmo estudo, homens que treinaram à noite conseguiram reduzir a pressão arterial, aumentar a queima de gordura e diminuir o risco de doenças cardíacas.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES