Pão ou tapioca: nutricionista revela qual o melhor para emagrecer?

Os dois são opções de alimentos bastante consumidos pelos brasileiros

Avalie a matéria:
Tapioca com ovo | Reprodução/Internet

A tapioca, conhecida também como beiju em algumas regiões do Nordeste, é um alimento feito a partir da massa da mandioca, rica em carboidratos e baixo teor de lipídios e proteínas. Seu consumo pode variar de acordo com as preferências do indivíduo, podendo ser consumida simples ou recheada, com ou sem manteiga. Essa personalização é determinante para o teor calórico da tapioca.

Entre os apreciadores desse alimento, é comum questionar se a tapioca é mais ou menos calórica do que o pão. Estudos demonstram que a farinha de tapioca possui valor calórico semelhante a outras farinhas, como trigo, aveia e arroz. Assim, o beiju pode ser uma alternativa ao pão, oferecendo maior diversidade nutricional e alimentar.

Valores nutricionais

A nutricionista Cristiane Peroni, em sua análise para o EuAtleta, comparou os valores nutricionais desses alimentos. Em uma porção de 100g, tanto a farinha de trigo quanto a tapioca contêm aproximadamente 360 calorias. Em termos de substituição, duas fatias de pão integral (50g) equivalem a cerca de três colheres de sopa de tapioca. Um benefício da tapioca é sua ausência de glúten, tornando-a adequada para pessoas com alergias, intolerâncias ou sensibilidades a essa substância.

Como consumir a tapioca

A nutricionista dá dicas da melhor forma de consumir a tapioca. “É um carboidrato complexo de alto índice glicêmico que precisa ser acrescido de fibra e de proteínas para melhor controle glicêmico e aumentar o valor nutricional. Por exemplo, acrescente uma colher de sopa de semente de chia à massa e incremente com recheios proteicos. Desta forma pode ser utilizado por indivíduos com diabetes”, afirma.

Na hora de adicionar fibras a este alimento, a nutricionista aconselha colocar junto com a farinha de tapioca duas colheres de chá de farinha de linhaça ou de chia ou aveia. Os recheios também podem ajudar. “Evite recheios gordos como carne seca, queijos coalho e manteiga. Prefira recheios proteicos magros como ovo mexido, queijo cottage, queijo minas, hommus, salmão com cream cheese light, atum, frango desfiado com creme de ricota e tofu com cogumelos”, aconselha.

A tapioca pode ser usada como pré ou pós-treino. “Pode ser consumida antes do treino ou depois do treino associada a alimentos proteicos. Com esta finalidade, não acrescente fibras para acelerar a digestão e absorção”, afirma a Peroni. Dois exemplos: para a crepioca, misture um ovo batido com duas colheres de sopa de tapioca e uma colher de sopa de queijo cottage. Leve toda a mistura espalhada sobre um frigideira. Para a tapioca: use três colheres de sopa de tapioca na frigideira e, quando a goma recheie com duas colheres de sopa de homus.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES